Página inicial da Revista do TribunalRevista do Tribunal do Trabalho da 2a Região - Artigos

Capa da Revista do TRT2: sobre um fundo aquarelado em preto e branco, bege  uma mulher remetendo à Deusa Vitória, segura nas mãos voltadas para o céu uma tocha e um ramo de louro.

A submissão de artigos científicos é realizada, exclusivamente, por meio do formulário “Submissão de artigo ou decisão judicial”. 

As autoras e os autores são responsáveis pelo lançamento dos dados necessários à sua completa identificação e qualificação no sistema. É necessário possuir uma conta gmail para acessar o formulário.

Os artigos enviados devem estar de acordo com os requisitos do edital de chamada para submissão de artigos científicos e de decisões judiciais.

Acesse o Ato n. 14/GP, de 31 de março de 2022, que dispõe sobre a Revista do Tribunal do Trabalho da 2a Região e clique aqui para consultar os editais.

Acesse abaixo o formulário para envio do artigo.

FORMULÁRIO DE SUBMISSÃO DE ARTIGO OU DECISÃO JUDICIAL À REVISTA DO TRT-2

Para mais orientações sobre a elaboração de artigos científicos para a Revista do Tribunal do Trabalho da 2a Região, veja as informações listadas nos tópicos a seguir. 

- Os artigos científicos devem ser inéditos e versar sobre temas de Direito do Trabalho e campos correlatos de conhecimento;

- É vedado o plágio;

- É vedada a submissão de mais de um artigo para um mesmo número de edição da Revista do Tribunal do Trabalho da 2a Região;

- É vedada a submissão de trabalhos de conclusão de curso, dissertações de mestrado e teses de doutorado; 

- Os artigos científicos podem ser submetidos por membros da comunidade jurídica da Justiça do Trabalho e demais interessados da comunidade acadêmica, desde que possuam bacharelado e pós graduação "stricto sensu", finalizada ou em curso, de área jurídica ou de áreas afins;

-  Os artigos científicos poderão ter autoria compartilhada.

- Admite-se a submissão de artigo de bacharel com pós-graduação "lato sensu", finalizada ou em curso, desde que em coautoria com articulista que possua bacharelado e pós graduação "stricto sensu", finalizada ou em curso, de área jurídica ou de áreas afins;

Arquivo eletrônico, formatado de acordo com as normas de documentação da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), em arquivo com extensão “.doc”, “.docx”, ou “.odt”, folha tamanho A4, com no mínimo 8 (oito) e, no máximo, 12 (doze) laudas, na seguinte configuração:

- fonte Arial 12;
- espaçamento simples entre linhas;
- recuo de parágrafo de 1,5 cm;
- recuo integral do texto de 4 cm e fonte Arial 10 para citação direta com mais de 3 (três) linhas.

O artigo deve conter elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais, em conformidade com a NBR 6022:2018, da ABNT. 

Elementos pré-textuais obrigatórios:
-  título, em português e em inglês;
- autoria, incluindo titulação, situação acadêmica e instituição(ões) com a(s) qual(is) há vínculo, em nota de rodapé não numerada na primeira folha, indicada com asterisco;
- resumo, em português e em inglês, com no mínimo 100 (cem) e, no máximo, 250 (duzentas e cinquenta) palavras;
- palavras-chave, em português e em inglês, no número máximo de 7 (sete), separadas por ponto e vírgula e finalizadas por ponto final;
- sumário;

Elementos textuais obrigatórios:
- introdução, correspondente à parte inicial do artigo, que contemple a delimitação do assunto tratado e/ou outros elementos que situem o tema do artigo, observando-se que a numeração das seções deve ser iniciada com a introdução;
- desenvolvimento, correspondente à exposição ordenada do assunto tratado, dividindo-se em seções, limitadas até as quinárias, numeradas com algarismos arábicos, observando-se que, em conformidade com a NBR 10520:2002, da ABNT, as citações no corpo do texto devem ser feitas por sobrenome do autor, em letra maiúscula, seguido da data da publicação e, no caso da citação direta, da página da publicação, bem como que as notas de rodapé devem ser exclusivamente destinadas para notas explicativas;
- considerações finais;

Elementos pós-textuais obrigatórios:
- referências, listadas ao final, em seção própria e em ordem alfabética, conforme NBR 6023:2018, da ABNT;

Elementos pós-textuais opcionais:
- glossário;
- apêndice(s);
- anexo(s); e
- agradecimento(s)

Clique aqui e acesse o Manual de redação de artigos científicos elaborado pela equipe da Biblioteca do Tribunal Regional do Trabalho da 2a Região.

Os nomes e endereços informados serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.