Logomarca do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região

Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região

Produtividade do TRT-2 aumenta no primeiro semestre de 2022


Os indicadores do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2) mostram um aumento de produtividade no primeiro semestre de 2022: o total de casos solucionados no 1º grau foi de 174.111, ante 144.072 no mesmo período do ano anterior. Na mesma base de comparação, os processos finalizados no 2º grau aumentaram de 85.401 para 92.529.

Os dados são da Coordenadoria de Estatística e Gestão de Indicadores do TRT-2, que demonstram também um crescimento no número de processos distribuídos. No 1º grau, o número foi de 162.369 durante a primeira metade do ano corrente, ante 151.793 no mesmo período de 2021. No 2º grau, foram distribuídos 100.147 casos, contra 80.932 do primeiro semestre do ano passado, ou seja, 20% a mais de um período para o outro.

Também foram realizados mais acordos até junho deste ano. As partes optaram por um fim pacífico em um total de 82.966 processos, contando os que se encontravam em todas as fases. No mesmo período de 2021, esse número foi 77.287. Como consequência, o valor total pago decorrente de acordos também foi superior: R$ 1.458.463.389 (1º semestre de 2022) e R$ 1.371.199.247 (1º semestre de 2021).

Neste ano, já foram contabilizados 26.172.266 atos de servidores; 458.676 sentenças e acórdãos; 453.154 decisões e 1.514.053 despachos. Somados, foram cerca de 28,5 milhões de andamentos processuais praticados pelos servidores e magistrados do Tribunal em todos os graus de jurisdição. No mesmo período de 2021, foram 28,2 milhões.

Metas nacionais

A Coordenadoria de Estatística e Gestão de Indicadores também divulgou relatório parcial sobre o cumprimento das metas nacionais do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no primeiro semestre deste ano.

O estudo mostra que o TRT-2 atingiu 100% das metas voltadas ao estímulo à conciliação (Meta 3) e ao implemento da transformação digital (Meta 9). No primeiro item, alcançou-se 40% de índice de acordos em relação à média de 2019/2020. Já no segundo, foram promovidas ações do Programa Justiça 4.0 do CNJ, que visa ampliar o uso da tecnologia no Judiciário em prol do cidadão, como o Balcão Virtual e o Juízo 100% Digital.

Já com relação aos objetivos ligados à movimentação processual, o documento mostra que o Regional cumpriu 87,27% da Meta 1 (julgar mais processos de conhecimento que os distribuídos) e 97,64% da Meta 2 (julgar processos mais antigos).

Para ver o relatório completo, clique aqui.

Dedo aponta para papel com gráficos
Voltar
Atualizado por Secretaria de Comunicação Social (secom@trtsp.jus.br)
Rolar para o topo